Semacist divulga balanço das ações de setembro

Como o início do período chuvoso e a diminuição das queimadas, que acontecem durante o período crítico de incêndios florestais, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Comércio, Indústria, Serviço e Turismo (Semacist) divulgou o balanço das ações desenvolvidas durante o mês de setembro.

Entre as atividades executadas pela Semacist está a realização de diversas palestras e aulas práticas em escolas rurais e urbanas do município. Em parceria com a Bunge Açúcar e Bioenergia foram entregues nas escolas Bom Tempo, na Agrovila Bom Tempo, Boa Esperança, na Vila Mata Verde, e Sousa Aguiar, em Pedro Afonso, material de combate a queimadas e incêndios florestais. Além da realização de palestra sobre a maneira correta de combate ao fogo, como planejamento, prevenção, ação, combate, risco e todos os malefícios que as queimadas e incêndios provocam no meio ambiente e na saúde da população.

Através de palestras e atividades práticas os alunos e professores puderam interagir, discutir, debater e vivenciar temas relacionados ao fogo, queimadas e incêndios.

De acordo o secretario de Meio Ambiente, Comércio, Indústria, Serviço e Turismo, Peterson Lima, a preservação do meio ambiente depende muito da sensibilização e participação de todos os indivíduos de uma sociedade. “A cidadania para a preservação do meio ambiente deve contemplar atividades e noções que contribuem para a conservação do meio ambiente. Desta forma é importante instruir e educar alunos de várias idades, através da formação de consciência”, afirmou o secretário.

Dia D

Além da educação ambiental nas escolas, a cidade de Pedro Afonso foi sede do “D da Força-Tarefa de Combate às Queimadas no Tocantins”. A ação, que reuniu mais de dez parceiros, entres órgãos ambientais, instituições públicas e privadas, percorreu a zona rural do município.

Durante a ação foram repassadas orientações e instruções de direitos e deveres de cada cidadão, a conscientização sobre os riscos de queimadas descontroladas, leis e órgãos ambientais competentes, denuncia de crimes ambientais, proibição de queimadas em todo estado, resolução de demandas e dúvidas de cada entrevistado.

A mobilização da força-tarefa também realizou o mapeamento e controle das áreas queimadas ou com focos de incêndios, por meio do Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (Cemaf).

“Através da formação de consciência dos moradores e ribeirinhos podemos notar um interesse social pela causa, visto que todos temem pela degradação e prejuízos que a queimadas causam no meio ambiente e na saúde da população”, frisou o Peterson.

Praia Limpa

Ainda durante o mês de setembro a equipe da secretaria, em parceria com outros órgãos da gestão municipal, mobilizaram-se em um mutirão com destino às praias pertencentes ao município.

O objetivo do mutirão foi a limpeza, verificação e avaliação das praias, monitoramento do seu ambiente, conservação e preservação o perímetro.  Foram recolhidos diversos tipo de material poluente ou contaminante, priorizando a salubridade das praias que estão prestes a entrar estado submerso devido à chegada da estação chuvosa.