Secretaria de Saúde apresenta balanço do segundo quadrimestre de 2017

 

Secretaria de Saúde de Pedro Afonso realizou na última terça-feira, na Câmara de Vereadores de Pedro Afonso, a prestação de contas do segundo quadrimestre de 2017, referente aos meses de maio, junho, julho e agosto. 

 

O relatório apresentado pelo secretário José Martins, foi entregue aos membros do Legislativo Municipal e conta com 20 páginas detalham as ações e gastos com saúde dentro do Município. 

 

De acordo a apresentação do secretário José Martins no primeiro e segundo quadrimestre do ano foram investimentos R$ 4.139.285,04 nas diversas áreas da saúde, desde atendimento até as ações de prevenção de doenças e campanhas de saúde. 

 

Durante os meses de maio, junho, julho e agosto a Secretaria de Saúde, por meio das Unidades Básicas de Saúde, Dr. Pedro Zanina, Tenente Salustiano L. Oliveira, Maria Clara Brasil, a Academia da Saúde/Nasf e do atendimento ao sistema prisional, realizou 6760 consultas médicas e odontológicas, 9230 procedimentos e 8096 exames laboratoriais. 

 

Já o serviço de assistência social da secretaria de Saúde assistiu 303 pessoas através de auxílio para tratamento fora do domicílio, aquisição de bolsa de colostomia, leite, fraldas, além de exames, consultas e medicação especial. 

 

Entre as ações destaque o quadrimestre estão a realização Campanha de vacinação contra a Gripe, da Semana Municipal de Aleitamento Materno, em comemoração ao Agosto Dourado, a implantação do Grupo de Gestantes, além  das reuniões da  Sala Municipal de Coordenação e Controle da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus para debater sobre as ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti juntamente com o Promotor e Blitz e caminhadas educativas contra o Aedes Aegypti. 

 

Para o secretário José Martins, as ações de saúde tem se fortalecido dentro do município. “Pedro Afonso tem sido polo e referência no atendimento em saúde. Nossas ações tem focado na humanização e qualidade dos serviços prestados à comunidade, o que tem nos dados resultados importantes”, destacou o secretário.