Prefeito Jairo Mariano é empossado vice-presidente da CNM durante XXI Marcha a Brasília

O prefeito de Pedro Afonso e presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Jairo Mariano, foi empossado vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) para o triênio 2018/2021. A posse veio durante solenidade ocorrida na XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, nesta quarta-feira, 23, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), na Capital Federal. A Marcha é promovida pela CNM com o intuito de discutir as principais demandas dos Municípios brasileiros junto ao Congresso Nacional e à Presidência da República.

Mariano será o vice-presidente representante da região Norte do Brasil. “O Tocantins está representando na nova diretoria da CNM, pela minha pessoa. Para nós é motivo de muito orgulho, pois será a primeira vez que o Estado estará diretamente presente na diretoria da Confederação. Nosso foco é orientado para uma gestão de eficiência, pautada na busca de resultados expressivos, assim como teve a gestão do presidente Paulo Ziulkoski. Queremos uma excelência da CNM na prestação de seus serviços”, destacou o presidente da ATM, ao endossar total apoio a nova diretoria.

Diretoria

A nova diretoria da CNM para o triênio 2018/2021 será comandada pelo ex-prefeito de Saldanha Marinho (RS), Glademir Aroldi, sendo eleita no início de março deste ano, durante Assembleia Geral de Eleição da CNM. Assumem também os cargos de 1º secretário, Hudson Brito, e 2º secretário, Eduardo Tabosa. Para 1º tesoureiro, Jair Souto, e como 2º tesoureiro, João Gonçalves Junior. O conselho fiscal será composto por Jonas Moura de Araújo, Expedito Nascimento e Christiano Cavalcante, como titulares. Como suplentes estarão: Pedro Henrique Machado, Marilete Vitorino e Cleomar Cunha.

Prosseguimento

O presidente empossado afirmou que prosseguirá a luta da CNM em defesa dos Municípios, que nos últimos 21 anos, durante a gestão de Ziulkoski, resultou em conquistas de R$ 656 bilhões às administrações municipais. “A CNM que assumimos, junto com os companheiros municipalistas, com a responsabilidade de orientar a caminhada a partir de agora, é uma referência nacional para diversos segmentos, uma entidade que transformou em conquistas dezenas de bandeiras do movimento municipalista”, disse Aroldi.

Políticas de Estado x Governo

Por sua vez, o ex-presidente, Paulo Ziulkoski, agradeceu a todos os prefeitos que contribuíram para a união do movimento municipalista e para as constantes batalhas travadas pela CNM em prol de Municípios consolidados e independentes na federação brasileira. Além disso, Ziulkoski deixou um alerta aos presentes na Marcha. “Temos que pautar nossa posição para políticas de Estado e não políticas de Governo. Que tenhamos menos governo e mais independência institucional dentro da CNM, para que possamos continuar obtendo resultados positivos para nossas comunidades locais”, disse Ziulkoski, um dos pioneiros da fundação da Confederação, ainda no ano de 1997.

Sobre a posse do presidente da ATM na vice-presidência da CNM, a prefeita de Lizarda, Professora Sussu, expressou seu contentamento. “Estamos muito felizes por ter um grande representante do nosso Estado na diretoria da maior entidade nacional em defesa dos Municípios. Isso nos motiva ainda mais a nos unir na luta municipalista e no desenvolvimento de nossas cidades”, expressou.

A XXI Marcha a Brasília encerra suas atividades nesta quinta-feira, 24.