Nuca visita comunidade quilombola em ação sobre o Dia da Consciência Negra

O feriado prolongado foi de muito conhecimento para os membros do Núcleo de Cidadania de Adolescentes de Pedro Afonso (Nuca). Durante os dias 16 e 17 o grupo formado por cerca de 40 jovens pedroafonsinos realizou uma viagem ao Parque Estadual do Jalapão, onde conheceram, além das belezas naturais do roteiro mundialmente conhecido, a cultura das comunidades tradicionais quilombolas.

 

A ação propôs um intercâmbio entre adolescentes e povos tradicionais levando em consideração a semana da Consciência Negra, celebrado neste dia 20. Durante a viagem os adolescentes puderam trocar experiências com moradores afrodescendentes e ver de perto a realidade da vida diária deles.

 

Durante o passeio os jovens conheceram também os fervedouros, local onde as águas não afundam, além da Cachoeira do Formiga, uma das referências no Brasil como melhores lugares a se visitar. De acordo o mobilizador do grupo Julio Cesar Machado a integração entre jovens e outras culturas e vivências é de suma importância para a formação cidadã.  "É de importância imensurável poder ver a felicidade deles conhecendo essas culturas diferentes e muito importantes para nossa história, fico muito feliz por eles conhecerem logo agora que comemoramos a semana da Consciência Negra", frisou Julio Cesar.

 

Ainda segundo o mobilizador o intercâmbio possibilitou um envolvimento com a cultura tradicional do estado. “Essa experiência de intercâmbio com o os moradores do Quilombo do Prata, na região do Parque Estadual do Jalapão envolveu com nossos jovens para o enriquecimento ainda mais dos saberes e também da sua cidadania e do olhar para o outro”, completou.