Em REPAC’s de Pedro Afonso e Miranorte, autoridades manifestam apoio para realização do Censo 2020

A Unidade Estadual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Tocantins realizou na quinta-feira, 10, Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo 2020 (REPAC’s) em Pedro Afonso. 

 

Na ocasião, as autoridades presentes manifestaram apoio ao Censo 2020. Pedro Afonso é um município estratégico porque pode mudar a faixa do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), ou seja, os recursos transferidos da União para essas cidades podem aumentar. 

 

Presidida pelo coordenador das REPAC’s, Paulo Ricardo da Silva Amaral Jesus; com a participação do Chefe da Unidade Estadual do IBGE no Tocantins, João Francisco Severo Santos; e a técnica de Informações Geográficas e Estatísticas Zeneide Maria da Silva, nas reuniões foram apresentadas informações sobre o Censo Demográfico 2020, como o aparato técnico, mapas e metodologias e andamento dos trabalhos em curso. O objetivo foi dar transparência e buscar, junto às autoridades e a sociedade, apoios e parcerias para viabilizar as atividades censitárias.

 

Conforme o chefe da Unidade Estadual do IBGE no Tocantins, as REPAC’s nos municípios do interior do Estado, salvo algumas exceções, vem apresentando excelentes resultados em termos de participação qualificada e de intenção de apoio por parte das prefeituras.

 

“Em Pedro Afonso, a participação de tomadores de decisão foi muito produtiva. Conseguimos o compromisso prévio para o fornecimento de local e estrutura mínima para a instalação dos postos de coleta, bem como auxílio na divulgação dos processos seletivos para contratação de pessoal dessas localidades para trabalhar como ACM e Recenseador durante a operação do Censo 2020”.

 

O dirigente destacou que o município esta numa faixa de quantitativo populacional sensível para a mudança de categoria do FPM, por isso, muitas dúvidas foram manifestas a respeito das estimativas e contagens populacionais. “Procuramos responder de forma objetiva os questionamentos e esclarecer que o apoio logístico e a participação crítica nas próximas REPAC’s são primordiais para garantir a transparência e legitimidade social dos resultados dessa próxima operação censitária”, concluiu.

 

Em Pedro Afonso, representantes da Prefeitura, do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) e da Câmara de Vereadores estiveram presentes e puderam sanar suas dúvidas em relação ao trabalho desenvolvido pelo IBGE.

 

Para o coordenador das REPAC’s, a reunião no município foi muito proveitosa. “Houve uma massiva participação da sociedade civil e dos poderes públicos, que manifestou um apoio muito grande ao Censo. Isso nos deixa contentes em relação ao nosso trabalho, porque temos a certeza que a coleta e o processamento de informações aqui serão de qualidade e muito próximo da realidade”, avaliou.

 

O vice-prefeito de Pedro Afonso, José Ribamar Coelho, destacou a participação dos secretários municipais na reunião e declarou apoio ao IBGE para a realização do Censo. “Nós estamos a inteira disposição para oferecer todos os aparatos que vocês estão necessitando para fazer esse trabalho”, garantiu.

 

Por sua vez, o representante do Legislativo Municipal, vereador Agnaldo Sodré, falou da importância da atualização da contagem populacional e se comprometeu em levar para a Presidência da Casa as demandas do IBGE. Segundo ele, caso haja aprovação do presidente, o seu gabinete será colocado à disposição do Instituto para os recenseadores, agentes e coordenadores do Censo desenvolverem seus trabalhos.

 

O chefe de Cartório Eleitoral da 23ª Zona, Wagner Mansur, avaliou como positiva a primeira reunião do no município. “É uma satisfação participar desse planejamento. Entendemos que o levantamento desses dados estatísticos vai contribuir e orientar o setor público e o setor privado. Pedro Afonso é um município que está crescendo muito, vem se destacando no Tocantins. Então, nós acreditamos que é muito importante essa parceria de todas as instituições com o IBGE, a fim de que os dados venham à tona com a maior precisão possível”, disse. Ele ainda reforçou que o levantamento populacional vai auxiliar o processo eleitoral que também acontecerá em 2020.

 

Já o secretário municipal de Administração, Fernando Moraes, agradeceu a equipe do IBGE pela promoção da reunião. De acordo com o gestor, as informações repassadas foram “detalhadas” e “esclarecedoras”. Por fim, ele reiterou o apoio do Executivo municipal ao Censo 2020.

 

Conforme as estimativas do IBGE, feitas trimestralmente, em Pedro Afonso vivem 13.694 pessoas, em 3.926 domicílios. No município vai ser instalado um posto de coleta para abrigar uma equipe de 15 servidores temporários.