Achados arqueológicos são encontrados durante escavações de galeria de água pluviais

Conhecido pela sua centenária história, o município de Pedro Afonso ainda guarda encoberto em seu subsolo marcas e memórias de sua trajetória de 172 anos de fundação.

Na última semana, durante as escavações para implantação da galeria de águas pluviais do centro da cidade, obras que estão sendo realizadas na Avenida João Damasceno de Sá, entre as ruas 26 de Julho e 15 de Novembro, a equipe da Secretaria Extraordinária para Resolução de Problemáticas Pluviais, coordenada pelo Engenheiro Civil Vinnícius Santos Tavares, encontrou achados arqueológicos que revelam a história da implantação do Sistema de Saneamento de Pedro Afonso.

Foram encontrados pedaços dos históricos canos de "Amianto", utilizados para o transporte do primeiro sistema público de abastecimento do município, que entrou em atividade em 1968, e levava água, ainda salobra, as residências do centro da cidade.

Com a descoberta a equipe do Museu Histórico de Pedro Afonso foi acionada e fez a coleta do material, para limpeza e datação aproximada, após o processo de catalogação, os canos serão adicionados ao acervo do museu.

“Esses canos fazem parte da memória da cidade, num dos seus capítulos mais memoráveis que foi o fascinante processo histórico da evolução do abastecimento de água no município. Pesquisas complementares ainda serão realizadas pelo núcleo de catalogação do museu no aprofundamento do achado”, destaca o historiador Fabrício Rocha.

 

“Devido às escavações estarem sendo realizadas na parte antiga da cidade, ou seja, o seu ‘centro histórico’, sempre que algo for encontrado e possa contribuir para a história do município a secretaria extraordinária comunicará aos órgãos pertinentes ao achado para que sejam tomadas as providências cabíveis. Durante todo o processo estamos tendo a atenção para que os possíveis achados arqueológicos não sejam danificados com o processo de implantação das galerias”, revelou Vinnícius Santos Tavares.